Mulherzinhas e Mulherões – uma nova definição

Leia também: Moleques de Prédio – como reconhecer um

Navegando pelo site Papo de Homem, encontrei um texto que já me chamou atenção pelo título: Mulherões e Mulherzinhas. A surpresa veio, quando percebi que definições de Mulherões e Mulherzinhas eram um pouco diferentes da noção que tenho delas.

Sabemos que as mulheres têm o poder. Por mais que o sistema em que vivemos só esteja mostrando isso agora, no fundo, todos nós sabemos que as mulheres são, de uma certa forma, seres superiores. Mas não todas. Você provavelmente conhece várias mulherzinhas e alguns mulherões (que eu prefiro chamar de mulheres Deusas) – mas não muitas, porque elas são consideravelmente difícieis de se achar.

Tentarei defini-las:

MULHERZINHAS

–        Acham que ser bonita e gostosa basta;

–        Gostam de manipular e de brincar de joguinhos de conquista;

–        Precisam apelar para ser percebida pelos artifícios físicos –  e exageram em todos eles: colocam decote, silicone, botox, mini-saia, chapinha e maquiagem em excesso;

–        São neuroticamente ciumentas, porque não confiam no próprio taco;

–        Não refletem sobre o que querem da vida – e quebram a cabeça sempre com os mesmos erros;

–        Acham que o homem tem que fazer 90% do trabalho no sexo (já que elas já têm a obrigação de se manter gostosa);

–        Não atendem o telefone pra se fazerem de difícil e dispensam convites para parecerem ocupadas;

–        Seu lugar preferido no mundo são as baladas – já que elas não conseguem segurar a onda de ficar sozinha um pouco, precisam sempre de gente pra tampar o vazio interno;

–        Fazem você parecer um chato quando quer discutir sobre um filme, um livro, música ou qualquer coisa que fuja do assunto: academia/novela/balada.

–        Falam muito e fazem pouco – da hora do vamos ver tem muitos pudores e pouca atitude;

–        Não valorizam quem gosta delas de verdade e sempre procuram os cafajestes;

–        Não têm opinião própria – funcionam sempre na base do “você que sabe”, “tanto faz”.

–        Têm poucas ou nenhum ambição na vida;

–        Reparam mais no carro do que em quem está dentro;

–        Reparam mais na roupa do que em que a está vestindo.

–        Se intitulam livres, mas vivem aprisionadas em uma exterioridade plástica e artificial;

MULHERÕES (vulgo DEUSAS)

–        Não precisam se exibir com decotes extremos e afins porque sabem do seu potencial (e assim chamam atenção dos homens que reparam em “algo mais”)

–        Entendem que charme vale mais do que qualquer artifício;

–        Têm atitude: se estiverem afim, vão ligar. Se quiserem transar, vão transar. Sem medo de rótulos que podem receber;

–        Valorizam a si mesmo antes de qualquer outra pessoa;

–        Sabem reconhecer que um bom vinho e uma boa companhia valem mais que qualquer balada;

–        Sabem que é muito melhor “escolher” do que “ser escolhida”;

–        Sabem que é muito melhor um corpo com defeitos, porém natural, do que um moldado e totalmente plástico;

–       Reconhecem que os pequenos gestos que valem mais do que presentes;

–        Têm consciência do efeito de encantamento que produzem nas pessoas;

–        Conseguem se arrumar pra sair em menos de meia hora;

–        Não entram no joguinhos de conquista porque não estão interessadas em pessoas que ainda gostam desse tipo de brincadeira.

–        Sempre surpreendem no sexo – sabem muito mais do que aparentam saber;

–        São realizadas no sexo porque dizem o que e como gostam;

–        Não se sentem ofendidas em pagar a conta e entendem que isso é um ato de gentileza como qualquer outro;

–        Não têm frescuras: topam viajar pra lugares onde não poderão usar chapinha, valorizam um bom buteco, não fazem escânda-lo por causa de um insetinho 1000 vezes menor que ela.

E você, concorda com a lista?

Anúncios

80 Comentários (+adicionar seu?)

  1. dome
    maio 17, 2011 @ 19:33:14

    Concordo plenamente. Tenho algumas caracteristicas de mulherzinha e algumas de mulherão. Mas ainda acho que existem mais mulherzinhas do que qualquer outro tipo. Por isso, homens, valorizem o mulherão, elas estão em extinção..

    Resposta

  2. donluidi
    maio 17, 2011 @ 19:34:36

    caralho, belíssima analogia… 90% das mulheres são mulherzinhas, 10% são mulherões (pelamordedeus onde vocês estão, apareçam, rs). Parabéns pelo post esclarecedor.

    Resposta

  3. Ana Flávia
    maio 17, 2011 @ 19:35:15

    Super concordo! E parece que me descreveram no ‘Deusas’ hahahaha
    E vocês sempre arrasando nos posts \o

    Resposta

  4. marcos
    maio 17, 2011 @ 19:38:35

    Mulherões / *_*

    Resposta

  5. _manddy
    maio 17, 2011 @ 19:46:40

    husauhdhuhudhuashdhuhasudhsahudhuashdus
    ai gente sem falsa modéstia … sou uma DEUSA! *-*

    Resposta

  6. Rafael Melo
    maio 17, 2011 @ 19:47:54

    Apesar de discordar totalmente do post do papo de homem. Discordo 50% do seu. Usar roupa sensual, ir pra balada, botar silicone é coisa de mulherzinha? (entre outros pontos onde acho que vc’s erraram). Adoro classificar tanto quanto vc’s, e sei que generalizações são necessárias até certo ponto. Mas cuidado. Nesse caso, acho que a vontade de contrariar o posto do papo de homem foi maior que o bom senso.

    Resposta

    • casalsemvergonha
      maio 17, 2011 @ 19:57:49

      Fala Rafael,

      De forma alguma – a intenção não foi contrariar o post do Papo de Homem, pelo contrário, ele nos inspirou a falar sobre o tema. Citei-os por questões éticas.
      Desculpe, mas não seja o famoso MALA da exceção. É claro que se uma pessoa faz essas coisas organicamente, não há problema algum. Me referi as mulheres que exageram nas roupas sensuais, que só pensam em balada e que acham que plástica vão resolver o vazio interno gerado pela falta de conteúdo. Eu mesmo, volta e meio gosto de um decote e vou pra balada. O problema são os extremos.

      Acho que você é que tem que ter cuidado pra não levar tudo tão ao pé dá letra!

      Abraços,

      Jaque.

      Resposta

      • Anderson
        maio 18, 2011 @ 05:12:39

        “Desculpe, mas não seja o famoso MALA da exceção.”

        Declaração infeliz.
        Em outras palavras, concorde com o texto ou não comente ? Sendo assim, sugiro que retirem, no fim do texto, a pergunta: “E você, concorda com a lista?”.

        Eu, da mesma forma que o Rafael Melo, tenho sérias ressalvas a esse textículo, mas acredito que vocês estão estimulando tudo aqui, menos o debate. Se me permitir sugerir outra coisa: siga o bom exemplo de alguns grandes blogs. Permita e conviva as diferenças. Antes mesmo de começar a pensar em escrever em um blog, vocês já deveriam ter previsto que, seres humanos são criativos e acidentalmente acabam por chegar a conclusões diferentes das suas.

        Acho que você tem muito mais responsabilidade do que o leitor, em relação ao que escreve. Simplesmente retrucar, dizendo pro cara: “não entendeu, sinto muito”, é prova que a redação do artigo não é lá das melhores. Tomar como referência um público limitado e tendencioso (que já vem ao blog ‘apaixonado’ pela linha editorial, se é que em algum momento isso foi pensado), pra dizer quem é mala e quem é ‘corrente’, é no mínimo, inocência. Inexoravelmente, o leitor é exceção por motivos óbvios. Pegue seus textos e leve à ABL e a exceção será você.

      • casalsemvergonha
        maio 18, 2011 @ 15:15:45

        Fala Aderson,

        Tudo bem?

        O espaço aqui é aberto para o debate e sempre foi. A gente respeita as diferenças, conversamos sobre elas, deixamos espaço aberto pras pessoas discutirem, participamos dessa discussão também – que conhece o nosso trabalho e nos acompanha sempre e desde o início, sabe disso.

        A verdade é que ninguém vai conseguir compreender uma única pessoa baseado em estatísticas generalizadas – mas como não gereralizar escrevendo pra pelo menos 10 mil pessoas que lêem os textos todos os dias? Esses tipos listas aqui citadas são para uma leitura descontraída, e a gente não dá conta de responder a todos que comentam “Eu não concordo, porque eu não sou igual ao item 1 e ao 4”.

        Também não é legal da sua parte julgar o trabalho de alguém e afirmar um monte de coisas baseado em um único comentário. Sugiro que procure conhecer primeiro antes de chegar com 10 pedras na mão.

        Um abraço,

        Jaque.

    • Victor
      maio 20, 2011 @ 22:12:55

      Concordo plenamente.

      Resposta

  7. Dani
    maio 17, 2011 @ 19:48:20

    Sou uma Deusa então, rs.

    Resposta

  8. Ana Claudia Roges
    maio 17, 2011 @ 19:49:05

    Acredito que não todas, mas sua maioria são ambas as definições. Sinceramente, me encaixo em MULHERÃO.

    Resposta

  9. Ju Lins
    maio 17, 2011 @ 19:49:56

    Amemmmm…agora ta mais do que comprovado que não sou mulherzinha…YES!!ganhei o dia o/
    Vou pro bar comemorar ..yayyy!

    Resposta

  10. Patty
    maio 17, 2011 @ 19:51:47

    Post como sempre supermegablasterótimo!
    Conheço tantas “Mulherzinhas” e tão poucas “Mulherões”, nossa. Eu mesma já fui muito mulherzinha, mais é isso que a idade tem de bom, nos ensina bastante. Quebrar a cara também conta ponto e vale a pena.
    Em qual delas me enquadro mais hoje em dia? Ah… Só falo uma coisa; quem me conhece não esquece! Não mesmo!
    Parabéns pra vocês kasal! = )

    Resposta

  11. Stephanie
    maio 17, 2011 @ 19:52:24

    É como dizem: Quem muito fala, pouco faz… Eu prefiro comer quietinha!! Excelente post!! Adorei!! Parabens queridos!! Continuem arrasando!!

    Resposta

  12. Ednelson dos santos
    maio 17, 2011 @ 19:53:21

    dizer alguma coisa sim, isso diz ou se refere ao que 90% de nós homens procuramos claro os outros 10% ficam entre os que acham que não é assim e os que acham que está errado =)

    Aprovado!!!! post muito bom

    Resposta

  13. Tiago
    maio 17, 2011 @ 19:53:59

    Onde acho um mulherão desse?! =/

    Resposta

  14. Shirlei Gimenis
    maio 17, 2011 @ 19:55:09

    Como sempre maravilhosos os posts mas descobri algo mara.. que eu me punia muito, que as vezes para lagumas pessoas é vulgar mas sou bem mais mulherão do que mulherzinha. Adorei..

    Resposta

  15. Verena
    maio 17, 2011 @ 19:55:29

    Um mulherzao eh uma mulher normal, sem frescuras. Eh tao raro msm encontrar pessoas assim? Galera esta mt perdida entao.rs.

    Resposta

  16. Lúcio Flávio
    maio 17, 2011 @ 19:58:26

    Kras tá de parabéns…
    Seria possivel apontar no dedo agora quem é mulherzinha e quem não é.
    Muito bom o post, com certeza servirá para desencanar muita gente aew.!

    Resposta

  17. Carla Roberta
    maio 17, 2011 @ 19:58:34

    Essa descrição de mulherzinha me faz lembrar tanto a imagem q eu tenho de patricia. Na boa se eu fosse homem nem me pagando eu suportaria tanta futilidade e frescurite. Vão criar jeito de mulher!!!
    Já to esperando a versão masculina desses texto Homem x HOMEM(com H)

    Resposta

  18. Camilla
    maio 17, 2011 @ 20:04:31

    Acho que tem muita mulherzinha sim… e realmente mulherão tem poucas.

    Tenho q dizer que me acho “mulherão”, considerando a descrição acima – exceto o ítem “se arrumar em meia hora” – não consigo! Msm qndo saio de jeans e tênis levo 1 hora pra me “arrumar” hahaha.

    Mas preciso confessar q já fui “trocada” por mulherzinha… acho q a maioria dos homens não segura a onda com mulher auto-suficiente, mulher que “não precisa dele” do jeito q a mulherzinha precisa… não fica fazendo doce, sei lá. Me parece que no fundo é da mulherzinha que eles gostam mais – haha, parodiando.

    Dica para os homens que estão á procura dos mulherões: Elas andam em bando… e normalmente vão pro bar tomar cerveja com as amigas. Se você achar uma, achou a fonte – até pq, não temos paciência pra mulherzinha assim como vcs dizem q não tem! Então, estamos sempre acompanhadas de outros mulherões. #ficadica

    Ótimo tema e ótimo post, parabéns Casal…

    Resposta

  19. Bruno
    maio 17, 2011 @ 20:23:02

    #Bingo!!! Texto muito bom, todo homem na vida já topou com uma mulherzinha! principalmente na sua adolecência. Eu, como sou um cara desprovido de dinheiro e beleza, só me restou o humor, gentileza e companherismo, com isso todas as mulheres betas, que só valorizam o dinheiro, estatus e beleza, nunca me deram bola!
    Já todas as outras sempre tiveram tudo comigo, e de todas as mulheres betas que conheci na vida, não soube de nenhuma que conseguiu o seu tão sonhado “lugar ao Sol” = Casar com um homem lindo, fiel e claro RICO!, mais de 90% estão feias e com filhos p/ criar…..

    E aí vai o unico (*) ao texto, as MULHERZINHAS ou MULHERES BETAS tem uma unica ambição: CASAR COM UM HOMEM RICO!

    Resposta

  20. hevy
    maio 17, 2011 @ 20:23:19

    Creio que nenhuma/pouquissimas mulheres tem a coragem de dizer :TA BOM SOU UMA MULHERZINHA.

    Por isso ta dando #erro.

    Resposta

  21. Carine Brunel
    maio 17, 2011 @ 20:28:32

    Sou Mulherão com orgulho! Só discordo de uma coisa. Curto mto baladas, e não pra tapar vazio nenhum. Sei reconhecer vinho e boas companhias. Mas pq nao isso tudo numa balada? Gosto de agito, e isso nao quer dizer q me sinta sozinha. Tbm preciso de descanso e paz de vez em quando, é claro. Tudo na medida.
    Minha opinião. ok? ;)
    Mais uma vez, ahazaram no post.
    BJOS.

    Resposta

  22. Dora Delano
    maio 17, 2011 @ 20:29:04

    Sempre me preocupam esses posts que colocam as mulheres dentro de receitas de bolo prontas, como se todo ser humano não fosse absurdamente contraditório. Lendo as características, eu percebi que conheço muitas mulheres maravilhosas que tem características da mulherzinha e do mulherão tudo misturado…. e são felizes assim. Eu acho que antes de ser mulherzinha ou mulherão, a pessoa [tanto homem quanto mulher] tem que ser seguro do que é e bancar isso se for preciso. A mulher pode ser ótima de cama, mas ser ciumenta. Pode gostar de ganhar presentes e ter um excelente papo e não se importar em pagar a conta. E se tem mulher assim, mulherzinha, é pq tem homem que gosta de mulher sem opinião. Acredite, eu já encontrei alguns e eles se frustram se a mulher sabe mais do que eles.

    De qualquer forma, eu acho que fica a dica para nós pensarmos sobre nossos defeitos e no que podemos melhorar. Sempre. Homens e Mulheres.

    Bjao

    Resposta

  23. All-e
    maio 17, 2011 @ 20:40:10

    I Like

    Resposta

  24. Luana
    maio 17, 2011 @ 20:44:01

    Mulherão! Mas tenho muitas amigas que sao mulherzinhas… Infelizmente.

    Resposta

  25. Juliano Carniel
    maio 17, 2011 @ 20:53:55

    Muito melhor a definição de vocês =)
    Concordo plenamente.

    Resposta

  26. Rosana
    maio 17, 2011 @ 21:34:40

    Ah! O posto do papo de homem era mais de zoação, nem tem como levar ao pé da letra, né? Achei mega engraçado, não havia lido e sou fã demais dos caras.

    Achei interessante que várias das atitudes listadas no “mulherzinha” está no livro “Por que os homens amam as mulheres poderosas”, ou seja, para algumas pessoas são características de mulherão… hehe

    Eu me encaixo mais em mulherão, mas sinto falta de um equilíbrio maior com o lado mulherzinha, tipo não me importo muito com feminilidades e gostaria muito de me importar mais, me preocupar com roupa, acessórios, sei lá… #embuscadoequilibrio

    Adorei o post… fez pensar!!

    Resposta

  27. Carolina Marin
    maio 17, 2011 @ 21:55:20

    Sou mulherão \o/ E descobrir isso no dia do meu aniversário, é melhor ainda. Baita presente. Adoro vcs. Bjoo :*

    Resposta

  28. jfis1950
    maio 17, 2011 @ 22:04:35

    concordo com a definição de voces

    Resposta

  29. Paola Fietz
    maio 17, 2011 @ 22:58:35

    Genial quem escreveu isso!
    Confesso que tenho umas coisas de mulherzinha pra melhorar! Que é esse negócio de ficar fazendo joguinho, não atender, não ligar quando estou a fim, tentar ser difícil e blá blá blá…
    Muito bom ler isso, me inspira pra tentar ser cada vez melhor!
    Beijos a todos.

    Resposta

  30. IsaMonts
    maio 17, 2011 @ 23:03:08

    Olha, bom post, mas acho que peca por generalizar e rotular demais.

    A grande maioria de nós, mulheres, já fez joguinho de conquista, já deu vexame modelo-grande, já esqueceu o amor próprio largado no meio-fio. Já teve medo de ser anulada no sexo, já saiu com 8765 cafajestes antes de dar uma chance para o cara fofo, em algum momento não soube o que queria da vida e AINDA leva mais de meia hora pra se arrumar. As que nunca fizeram tudo isso estão mentindo.

    Acho que as conquistas de vir a ser um mulherão vem com a maturidade, de preferência, depois dos 25. Até lá, todas somos mulherzinhas em mutação.

    Bjo!

    Resposta

    • casalsemvergonha
      maio 17, 2011 @ 23:09:21

      Fala Isa,

      Impossível escrever um texto pra tanta gente sem generalizar – sempre vão ter muitos que gostam e muitos que não gostam.

      E sim, a gente acaba sempre tendo um pouco dos dois tipos! A experiência traz o amadurecimento, como você disse.

      Beijos,

      Jaque.

      Resposta

  31. dressa
    maio 17, 2011 @ 23:45:36

    Adorei muito mesmo, ta tudo certo e é isso ai mesmo,
    Ainda bem…ufa que me encaixo no “mulherões”
    Já passei por essa fase de mulherzinha e aprendi com certeza muito com ela, com o tempo aprendemos a dar valor a coisas que realmente merece nosso valor.
    E nessa fase…Deusaa tudo é com muito mais sabor, valor, calor …tudo é mais gostoso, não temos mas frescuras e tudo fazemos com gosto…
    Saimos, namoramos, transamos mas sem gracinha, digamos assim, e os homens, nos enxergam ate de moletom…rs

    Resposta

  32. Porps
    maio 18, 2011 @ 01:10:03

    Muito bom o texto!! Concordo plenamente com ele…

    Eu pessoalmente curto MULHERÕES, e não suporto as mulherzinhas…

    Mulher tem que ter atitude, ser bonita naturalmente, inteligente e o mais importante Natural!!

    Resposta

  33. Pamela
    maio 18, 2011 @ 02:22:30

    Olha gostei muito do post..

    Mas dúvido que homens não olham pra um decote, seios turbinados.. sendo que não pode generalizar dizendo que quem usa roupas ousadas são mulherzinhas, pq homens em geral babam em cima de qlqr roupa que chame a atenção para o corpo!

    Resposta

  34. Smaily Prado
    maio 18, 2011 @ 03:25:33

    Muito boa a lista. Percebi como sou sortudo, sou casado com um MULHERÃO!

    Parabéns pelo blog, tem muitas informações interressantes e úteis!

    Resposta

  35. Lah .
    maio 18, 2011 @ 04:50:03

    HAHA se for assim sou um mistura das duas.Então seria oq só mulher msm neh!? hehe

    Resposta

  36. Gabriela
    maio 18, 2011 @ 04:51:20

    Me enquadro nas características do “Mulherão”.Infelizmente,pelo menos aqui na minha cidade(conhecida mundialmente como Maravilhosa),a “Mulherzinha” faz muito mais sucesso! Os homens cariocas só me decepcionam!

    Resposta

  37. Nina
    maio 18, 2011 @ 05:02:25

    Sinceramente, não existe um padrão tão marcado como este. Tenho certeza de que mulherão que se preze não vai se achar menos mulher pq tem características que esse post sugere pertencer a mulherzinhas. Tem mulherão que vai pra balada e tem mulherzinha que demora menos de meia hora pra se arrumar. Adoro seus posts, mas acho que nesse faltou uma revisão feminina. Muitas características dadas às ditas “Mulheres Deusas” tem a ver simplesmente com o que é de interesse masculino. Os homens precisam aprender que as mulheres querem ser mulherões pra elas mesmas, e pensar que fazemos isso pelos homens chega a ser ingênuo, queridos.

    Resposta

  38. Lah .
    maio 18, 2011 @ 05:11:29

    Se for assim sou um misto da duas…um meio termo.Então nem mulherão , nem mulherzinha…só mulher msm, né!?

    Resposta

  39. Christine
    maio 18, 2011 @ 05:21:02

    Concordo com a Nina! Ta faltando uma opiniao feminina.. E outra os homens em geral, quando querem zuar adoram mulherzinhas.. E aí? É um assunto a ser mt discutido

    Resposta

  40. Nathália
    maio 18, 2011 @ 15:28:34

    Sou mulher, mas acho quando esse assunto tenho pensamentos machistas. Odeio quando conheço um cara e fico afim de trazer com ele de primeira (sim, de primeira, E DAÍ?), e sou apedrejada por isso. Não vou me rotular, dizendo se sou mulherzinha ou mulherão, pq o importa é vc ter sua personalidade e suas opiniõs próprias, independente se homem prefere mulher peituda, se prefere mulher sarada, coxas grossas. O que tenho a dizer, é que existem muita Mulherzinha por aí, e esse tipo de mulher é extremamente irritante. Depois dizem que homem não presta.. E vocês, Mulherzinhas, prestam? Prestam, só se for pra tranzar. Desculpa a forma grossa, mas é minha opinião. Da mesma forma que o mundo tá cheio de mulequinho que não tem nada na cabeça e vão pra balada só pra pegar mulher.

    Casal vocês estão de parabéns, leio o blog TODO DIA, mesmo quando não tem post novo, eu releio os que já li, de tão bom que é!
    Parabéns, de verdade!
    Jaque, vc é um MULHERÃO!!! :)
    Beijosss!!!

    Resposta

  41. Monique
    maio 18, 2011 @ 16:59:42

    Uau! Que post engraçado! Concordo que existem mulherzinhas e mulherões around the world, mas… Listinha pra enumerar as características?
    Desculpe, mas acho que não existe ninguém com “moral suficiente” para dividir as mulheres em grupos. Não desta maneira, né?
    Parabéns às mulherzinhas que vêm aqui dizer que são mulherões e, no entanto, nem se dão ao luxo de aprender a escrever corretamente!
    C’est Comme Ça!

    Resposta

  42. Neguinha
    maio 18, 2011 @ 17:45:25

    Eu tbm sou um misto, ou sou apenas Mulher, sem rótulos…
    Tenho atitude própria, mas demoro muito mais pra me arrumar que meia hora, morro de medo de insetos, mas isso não me torna menos mulher…
    Amo os textos, leio e releio sempre , mas falta uma revisão feminina, não feminista…

    Resposta

  43. Trackback: Moleques de Prédio – como reconhecer um « Casal Sem Vergonha
  44. Denise
    maio 18, 2011 @ 19:58:39

    Concordo e sinto me uma ”Deusa”.Mas isso tem sido um problema para mim,pois nao consigo arranjar ninguem em condições e não tenho sido exigente,so que aonde estou so aparecem ”moleques de predio”. :@

    Resposta

  45. Denise
    maio 18, 2011 @ 19:59:56

    Mas demoro bastante para me arrumar :)

    Resposta

  46. Natália
    maio 18, 2011 @ 20:31:13

    Amei o post!
    Acabei descobrindo que sou um mulherão! Tenho muitas amigas mulherzinhas!! Aff são de dar dó!
    Sou casada a 6 anos e descobri o blog por acaso! Foi amor a primeira vista
    Eu e meu marido adoramos
    Beijooo

    Resposta

  47. mariana
    maio 18, 2011 @ 22:18:42

    concordo em partes. Mas q esse texto foi escrito por uma gordinha que não se diverte e ainda espera o príncipe encandado….fato

    Resposta

  48. Priscila Dantas
    maio 19, 2011 @ 01:20:18

    Concordo em partes.
    Mulheres são seres complexos, inteligentes e sentimentais. Cada uma sabe “onde seu calo” aperta, por isso podem agir como uma mulherzinha em algumas ocasiões… Mas isso é sinal de flexibilidade, de atenção aos detalhes, porque algumas atitudes que aqui são classificadas como sendo de um ” mulherão” podem a classificar como uma pessoa decidida, como podem a classificar como uma pessoa promiscua e egoísta.
    Cada um sabe qual é o prazer e a dor de ser o que é. Não gosto de classificações. Minha opinião.
    Por exemplo:
    Me arrumo em meia hora para trabalhar, mas para sair com meu namorado levo mais tempo do que isso. Não pq não confie em mim, mas sim pq ele merece esse cuidado meu!
    Não há regras que classifiquem uma mulher em um estereótipo ou outro. O que vale é a essência, suas ambições e o respeito que cada uma tem por si e pelos que a cercam!

    Resposta

  49. Melissa
    maio 19, 2011 @ 03:52:38

    Muito legal ser mulherão; mas acontece que, na prática, quem se dá melhor são as mulherzinhas. rs E não digo isso por ser uma destas, mas exatamente o oposto.

    Resposta

  50. Michelle Fagundes
    maio 19, 2011 @ 05:02:34

    é engraçado ler o post e depois os comentários. realmente, que falta de bom senso deste povo! e não digo d vocês que escrevem falo dos seus leitores.

    é evidente que mulherão não quer dizer mulher desprevenida de feminilidades, que não é vaidosa. é evidente que mulherzinha não quer dizer que todas tenham silicone no peito e usem decote todos os dias.

    não se façam de desentendidos, por favor!!!!

    o que é tratado aqui é o estereótipo de mulher BURRA E IGNORANTE e de mulher INTELIGENTE, DE CONTEÚDO. ESTEREÓTIPO, ok?

    e outra, quem foi trocada por mulherzinha, desculpa, seu parceiro era um merda, moleque de prédio, como diz o outro post. que sorte a sua!

    e digo mais, homem que se ofendeu com o que foi escrito, só pode ser O TIPO MOLEQUE DE PRÉDIO, QUE ANDA COM MULHERZINHA. é incrível como essas pessoas se atraem! ainda, quem disse que as mulherzinhas se dão melhor tá precisando rever os seus conceitos hein, pra ver es se encaixa na ideia de mulherão mesmo.

    não conheço um HOMEM (veja bem, homem, não moleque de prédio), que aguente uma mulherzinha, queria estar com ela pra vida toda.

    é bem o que a Jaque disse mesmo, não seja o MALA da exceção. se não entender, ficar na dúvida, é melhor nem vir para o debate!

    Resposta

  51. No Fabian
    maio 19, 2011 @ 13:37:08

    Muito bom mesmo! Toda esta polêmica é de grande importância para nosso desenvolvimento moral e intelectual. Porém não devemos esquecer de todos somos seres humanos e com suas diferenças. Não podemos exigir que todos sejam iguais! Imagine se todos homens fossem do tipo Einstein ou todas mulheres do tipo Claudia Raia! As diferenças é quem dão cor à nossa vida!Só não podemos tolerar quem pratica o mal.
    Parabéns à todos!

    Resposta

  52. Pri Portuga
    maio 19, 2011 @ 17:07:39

    O grande problema é q a grande maioria dos homens, principalmente os disponíveis, prefere as “mulherzinhas”!!!
    Os mulherões ou mulheres Deusas já estão com os escassos “homenzarrões”, restando apenas “homenzinhos” no mercado, o que me obriga, por ser uma mulher com personalidade, a preferir ficar sozinha a ter um homenzinho ao meu lado!
    Triste, mas REAL! =/

    Resposta

  53. ogasdacoca
    maio 19, 2011 @ 23:58:01

    concordo. e são poucas pq são poucas pessoas que conseguem ir contra o que a sociedade induz. um exemplo basico: hoje quando vc sai na noite as mulheres estão vestidas como?vendendo as carnes né? pq? pq isso esta na moda…a maioria das pessoas perdem sua propria identida pra seguir aquilo que a maioria segue.

    Resposta

  54. eu
    maio 20, 2011 @ 04:03:56

    Bem complicado isso né? sou advogada, fiz uma faculdade de primeira, meu pai pagou meus 5 anos, sempre tive carro próprio, fiz inglês, etc… Só que bebo cerveja de garrafa ( e se for de até 2,50 acho que ganhei na loteria), ando de salto alto, me maqueio todo santo dia, tenho um namorado que não tem carro, mas nem por isso deixo de amá-lo todos os dias, fui à muitas baladas, e sempre odiei terminar namoro, sempre coloquei na minha cabeça o lema: não faça com os outros aquilo que não gostaria que fizessem com vc. Sou de uma puta família, e seria tão metida quanto qualquer uma dessas mulherzinhas. Mas diferentemente delas, acredito, tive uma educação que graças a deus me fez batalhar e ir atrás do meu futuro. Acho que por isso que existem tantas “mulherzinhas” e não “mulherões”. Pq as “mulherzinhas” estão acostumadas à serem dondocas. E isso vem de berço, com certeza. Mas assim, com toda a certeza do mundo. Dou graças a deus que tenho meu pai e minha mãe como exemplo de pessoas. Por mais que eles tenham dinheiro, eu penso que são eles que tem o dinheiro, eu estou indo atrás do meu. Por isso não existe espaço para futilidade na minha vida. Acho que isso também se chama independência. À partir do momento que a mulher arregaça as mangas e vai atrás do seu próprio dinheiro, ela deixa o status de ser mulherzinha e vira um mulherão.

    Parabéns pelo post.

    Resposta

  55. Rezita
    maio 20, 2011 @ 05:17:09

    Putz….
    qual o problema da balada? qual o problema do silicone?
    Qual o problema de levar mais de meia hora pra se arrumar?
    Problema nenhum…
    balada eh otimo!
    silicone idem! Serio, qual o problema dele? realmente to revoltada com isso! soa como despeito absurdo!
    E demorar pra me vestir…sim, demoro! quero ficar bonita e feliz. qual o problema?
    Essa parte parece q foi escrita por alguem q esqueceu de se depilar e tava em um momento de revolta…#prontofalei.

    Resposta

  56. Diana
    maio 20, 2011 @ 07:57:10

    Modéstia à parte, sou uma Deusa! hahahaha!
    Sou leitora nova de vocês (literalmente, comecei hoje!) e adorei o blog e o vlog! :)

    Beijo pro casal ;*

    Resposta

  57. Fernanda
    maio 20, 2011 @ 17:40:08

    Então… Concordo em parte… Acho que antes de ser uma Deusa ou uma mulherzinha, toda mulher é um ser humano… É impraticável que uma mulher seja tão segura como vcs estão descrevendo… Todo ser humano, por mais qualidades que tenha, por mais descolado e legal, tem sua cota de insegurança, principalmente quando envolve o sexo oposto… Conheço meninas que se encaixam no Mulherzinha e são pessoas bacanas, e meninas que são Deusas e nem são tão bacanas… Enfim, segue a linha do raciocínio oriental e fiquemos com o caminho do meio…

    Resposta

  58. Suely
    maio 20, 2011 @ 20:47:51

    Genial! Concordo com 99%. Porém, acredito que uma boa balada e se vestir de acordo com o ambiente não exagerando na dosagem, não faz mal a mulherão nenhum. Me encaixo no mulherão sim, mas não dispenso uma boa balada e um vestido apropriado para a ocasião. Mas, também não troco um bom vinho e uma boa companhia por tal balada.

    Resposta

  59. Victor
    maio 20, 2011 @ 22:10:33

    hummm… interessante analogia, mas acho que as coisas não são tão simplistas assim… tá mtooo generalizado… mas, interessante de qualquer forma… parabéns pelo texto.

    Resposta

  60. Bela
    maio 21, 2011 @ 22:32:46

    Amo o blog do CSV!
    esse pessoal ai de cime se encaixam exatamente na frase: “Falem bem ou falem mal, mas falem de mim!” o post ta ótimo e serve mais pra uma quetão de reflexão e amadurecimento mesmo.

    Adoro o trabalho de vocês!
    Beijos

    Resposta

  61. O mundo de Assim...Assim...
    maio 22, 2011 @ 18:20:44

    Parabéns! Disse TUDO!

    Resposta

  62. Naty
    maio 23, 2011 @ 09:02:22

    Adorei o post! Claro que as excessões das características de “mulherzinha” pra “mulherão” existem, mas falar de todas as mulheres e das características de cada uma fica impossível né gente? Eu por exemplo, sei que me encaixo no perfil “mulherão”, mas adoro sair pra balada! Agora estou solteira e saio não pra pegar vários e fazer “joguinhos de sedução”, mas pra dançar e me divertir com as minhas amigas! E até quando eu namorava, saía com o meu namorado e com os amigos praticamente todos os fins de semana pra dançar! E sobre o “não valorizam quem gosta delas de verdade e sempre procuram os cafajestes”, já tive essa atitude, mas não por não valorizar quem gostava realmente de mim, mas por simplesmente não gostar dessa pessoa e ser apaixonada pelo tal cafajeste hahaha, isso infelizmente acontece com a maioria das “mulheres”, tanto “zinhas” como “ões”! Beijos!

    Resposta

  63. Giih
    maio 23, 2011 @ 17:07:49

    Adorei o poste e me identifiquei muito com o mulherão…Acho que é bem isso mesmo…Foda-se o que a sociedade vai pensar de mim. Eu quero é ser feliz!

    Resposta

  64. Paulinha
    maio 25, 2011 @ 02:10:31

    Adorei!!!!!!! achei que eu fosse um ET, ou algo fora desse mundo por pensar que podemos agir da forma que eu quero, e ser espotanea nas minhas atitudes, mas to vendo que sou normal e bem madura!

    Resposta

  65. Nimb
    maio 25, 2011 @ 08:53:48

    Graças a Deus namoro um mulherão! 8)

    Resposta

  66. laura
    maio 27, 2011 @ 00:25:41

    Daqueles 90% que são mulherzinhas, ou nenhuma lê esse site ou nenhuma das que lê consegue admitir (perceber, talvez?) ser o que é – embora uma delas tenha chegado bem perto, reclamando da falta de consideração com o (seu) silicone. hahahah

    Do ponto de vista de alguém que recém atingiu a maioridade, sinto que ser artificial e desinteressada (características base da mulherzinha, pelo que eu entendi) parece ser moda no Brasil – independentemente do sexo.

    E eu, pelo visto, faço parte daquelas que se diz ser o meio-termo “mulher”. hehehe

    Resposta

  67. Joy
    maio 27, 2011 @ 19:54:13

    Interessante xD … hUHAUUauhuahuAUHUAhu

    Resposta

  68. Vi
    jun 02, 2011 @ 03:02:41

    Olha… vo te fala que não consigo fica pronta e lindona, tudojunto, em 30′, mas tbm nao me encaixo no quesito mulherzinha!

    Vo te fala tbm que 95% das minhas colegas que fazem medicina (em faculdade particular) são mulherzinhas ao extremo, só não conseguem ser mais por que conseguem decorar as matérias das aulas e ir bem em provas!
    Acho que isso tbm tem a ver com o fato de ser mulherzinha e provar pras “amigas” que podem ser melhores que elas e ser lindas e gostosas 100% do tempo e ainda fazer medicina e um dia virar dermatologistas ou cirurgiãs plásticas! HAHAHAHAHAH

    Sabe a Blair Waldorf, daquele seriado Gossip Girls, que quando tira um B fica arrasada. Tem umas 30 na minha sala! UASHUSAHUASHUSH

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: